As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Pedro G C Almeida em Seg Set 06, 2010 2:39 pm

Olá Pesoal,

Há uma discussão a agitar o IBC - como acontece frequentemente, Walter Pall é o responsável:

http://ibonsaiclub.forumotion.com/pots-f3/pots-by-mateusz-grobelny-t3865-0.htm

Acho que seria muito interessante trazermos a discussão ao nosso pequeno mundo do bonsai português. Penso que muitas pessoas com algo para dizer sobre o assunto por uma razão ou por outra não participam no IBC, daí eu achar que vale a pena criar este tópico.

Cumprimentos,
Pedro


Última edição por Pedro G C Almeida em Seg Set 06, 2010 3:52 pm, editado 1 vez(es)

_________________
http://koyobonsai.blogspot.com/

The shroud of the dark side falls
avatar
Pedro G C Almeida

Mensagens : 460
Data de inscrição : 27/10/2009
Idade : 37
Localização : Funchal/Madeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

...

Mensagem  David Carvalho em Seg Set 06, 2010 3:19 pm

Olá Pedro,

Com o tópico já vai longo na IBC e não acompanhei a discussão desde inicio, muito possivelmente não estou a par da totalidade do tema discutido, pois li apenas alguns posts, mas suponho que a discussão esteja de volta daquele "vaso" e do "novos" vasos que o WP tem apresentado nestes últimos tempos e da "polémica" que isso cria...Vasos muito pouco tradicionais...se estiver errado todo o meu post é inválido e por isso peço desculpas.

Primeiro de tudo gostaria de referir que embora siga o trabalho do Walter Pall, pois o mesmo é incontornável não é certamente um dos meus artistas favoritos, aliás cada vez menos simpatizo com o trabalho desenvolvido por ele, mas ao mesmo tempo cada vez simpatizo menos com a "escola europeia". De ter em atenção que esta opinião estrictamente pessoal não tem nada a ver com a pessoa do WP mas sim com o trabalho que ele desenvolve nas árvores...

Quanto aquele vaso especificamente que serve de iniciação à discussão na IBC, na minha opinião o funcionamento do mesmo nem me parece de um "vaso tradicional" mais me parece de uma "pedra" pois estéticamente puxa muito mais para uma "árvore plantada na pedra" e na minha visão de aprendiz não é inválido a opção estética, agora pessoalmente se me perguntarem se gosto ou me revejo naquela opção estética direi automáticamente que não.

E aqui começa o problema, pois no final das contas é uma questão de gosto pessoal, uns vão adorar, outros vão odiar, uns vão considerar arte, outros vão considerar um crime, mas essa discussão será sempre muito subjectiva, sem dados concretos que dêem razão a qualquer um dos lados, mas a verdade é que o nome Walter Pall existe e é conhecido devido a estas coisas estes "pequenos desafios" a estas "pequenas afrontas" e é assim que ele vai construindo o seu nome, lado a lado com a sua personalidade...

Abraço,
avatar
David Carvalho

Mensagens : 302
Data de inscrição : 09/11/2009
Idade : 36
Localização : Caparica/Portugal

http://itoigawa.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

vaso WP

Mensagem  tiago afonso em Ter Set 07, 2010 5:36 am

Boas pessoal.

Antes de mais "aplaudo" este post vai ser uma discussão interessante!
Na minha opinião, que pode não ser a mais válida pois a minha experiência em bonsai e particularmente em escolha de vasos ainda é muito curta, este vaso apresentado pelo Sr.WP é simplesmente brutal em relação ao objectivo pelo qual certamente ele foi utilizado (dar o ar mais natural possível ao conjunto).

Mas é aqui que esta o ponto mais importante , que para algumas pessoas pode não ser tomado em conta. O objectivo é o de olhar a arvore e ver um naturalismo absoluto! Não se vê uma arvore num vaso, e para quem não tiver abertura suficiente poderá ser difícil ver um bonsai.

É inegável que para os amantes do bonsai tradicional, este seja um trabalho que passa uma imagem não tão interessante quanto o desejado nesta arte, pois é isso mesmo não é tradicional , não é aquele tipo de trabalho que serviu de inspiração para muitos de nós, não é aquela arvore que muitos de nós vimos e que nos levou a pensar "eu vou fazer uma assim!" . Voltando, este vaso simplesmente oferece uma harmonia e um naturalismo espetacular ao conjunto e na minha opinião este vaso funciona mesmo muuiito bem!
avatar
tiago afonso

Mensagens : 41
Data de inscrição : 06/04/2010
Idade : 28
Localização : setubal \ caldas da rainha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  rafael baptista em Ter Set 07, 2010 7:13 am

1 sou um admirador do SR Walter Pall, acho que a maneira inconfundível e fantástica de representar a natureza como ele o faz é simplesmente incrível..... Todos os seus trabalhos são um marco no mundo do bonsai gostando ou não..... Faz parte de uma escola diferente e claro que isso se nota, é simplesmente normal que haja pessoas que não gostam, agora também existem pessoas que se sentem ofendidas com o seu trabalho (coisa que não compreendo), uma coisa é não gostar ou até mesmo detestar agora sentirem-se ofendidos por tamanhas heresias aos seus olhos é notoriamente ridículo. Mas o Sr Pall também é pelo que me parece um provocador nato, gosta de mostrar o seu trabalho e não tem "papas na língua", acho também que se aproveita e de alguns extremistas serem tão "cabeças duras" "atiçando-os". Claro que com isto existem lados, existem pessoas que partilham da mesma "ideologia" e existem guerras de palavras entre adeptos de diferentes escolas, claro que estas guerras não tem fim e como tal não existem vencedores e vencidos. Acho também que se trata de uma questão de gosto pessoal, ora isto é muito difícil de alterar...

2 em relação a estes novos vasos existem alguns que gosto muito e outros que simplesmente detesto.... O Larix com aquele vaso na minha opinião é simplesmente um conjunto que transmite algo, que me dá vontade de olhar um todo como se trata-se de uma paisagem, de um cenário da natureza.... penso que é o vaso é perfeito para aquela arvore... Existem outros vasos do mesmo autor que simplesmente não gosto....

3o que é engraçado de ver no meio desta discussão é o fervor levantado pelos dois lados da barricada, o que denota extrema paixão pela arte das duas partes.... agora será necessário impor a todos uma única maneira de pensar, viver esta arte????? Existirá uma formula para fazer bonsai????? Haverá espaço para inovação, e se não o há, PORQUÊ??????












rafael baptista

Mensagens : 213
Data de inscrição : 26/11/2009

http://projectosdebonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Mario Eusebio em Ter Set 07, 2010 3:22 pm

Viva!

Eu estou a meio da ponte Smile!

Por um lado admiro o trabalho do Sr. WP, principalmente porque acho que além de ele ser fundamentalista do naturalistic, ele sabe muito bem e tem bastante bonsai clássico, a questão naturalistic acho que faz parte da "venda" e "promoção" da imagem dele! Só conseguimos romper barreiras e criticar alguma coisa , quando somos "masters" nessa coisa e depois, aí sim, partir para à "descoberta" de novas formas de inovar dentro desta arte.

Em relação a estes vasos, para mim, há alguns que ficam excelentes, outros há, que acho ficarem manifestamente mal. Mas se calhar o objectivo é chocar e despertar emoções, no fundo a verdadeira essência do bonsai, sem a emoção, perde-se a magia.


_________________
Cumprimentos

Mário Eusébio

Mario Eusebio

Mensagens : 1076
Data de inscrição : 27/10/2009
Idade : 43
Localização : Porto

http://marioeusebio.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Miguel Costa em Ter Set 07, 2010 4:10 pm

Existem vasos que ficam muito bem e outros que nem tanto, mas é a tal forma que cada pessoa tem de olhar para o todo de um bonsai.
Então e o novo vaso que ele tem feito de metal? E a forma como ele fez uma exposição de shohin?

Abraço

Miguel Costa

Mensagens : 76
Data de inscrição : 01/03/2010
Idade : 28
Localização : Tavira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Nuno Encarnação em Qua Set 08, 2010 7:09 am

Eu tive a paciência de ler o tópico todo do IBC até ao fim e acho que é uma discussão muito importante do ponto de vista do levantamento e esclarecimento de determinados aspectos da abordagem estética ao bonsai no ocidente, mas também considero que é uma discussão que não vai levar a nenhum ponto final nem a nenhuma convergência pois são dois modos opostos de conceber o bonsai e representam mesmo, a um nível mais geral, duas visões diferentes da estética e da arte.

De um lado, temos os mais "tradicionalistas", ou aqueles que concebem a arte dentro de uma perspectiva histórica, afirmando que o caminho do bonsai apenas poderá ser feito se não perdermos o fio condutor que liga esta arte aos conceitos estéticos estabelecidos desde o Japão. Ou seja, há uma tradição que deve ser respeitada e cumprida, com determinados cânones pré-determinados que devem ser respeitados a não postos de lado. Por outro lado, temos os "modernistas" que procuram rupturas e a inovação estética, e que encaram as regras como limites artificiais que restringem a possibilidade de criar novos objectos estéticos. De um lado e de outro, as fileiras adensam-se nesta discussão.

Eu pessoalmente acho que apenas podemos ser inovadores e quebrar barreiras se primeiro conhecermos e dominarmos as regras básicas e termos uma boa formação dentro dos estilos clássicos. Acho que a ruptura como manifestação de um puro acto de irreverência, resulta na maioria das vezes em objectos vazios e sem grande qualidade estética (um pouco como a imagem da sapatilha a apodrecer com outros objectos no musgo em cima de um suiban).

Obviamente que o Walter Pall já tem muitos anos disto e as escolhas estéticas que faz não saem do nada. Para além disso, já são conhecidas as muitas guerras travadas com outros bonsaístas e o gosto que tem em quebrar barreiras e convenções. Goste-se ou odeie-se, é o estilo do homem e o estatuto que tem actualmente permite-lhe isso.

No que respeita aos vasos em si, estou com o Mário na medida em que acho que há conjuntos que funcionam muito bem, enquanto que outros nem por isso. O larix da primeira imagem e o crataegus funcionam muito bem (então o crataegus é o casamento perfeito), mas não gosto nada do resultado da bétula (dancing birch), do pinheiro da BMW e do último larix.

Dadas as características dos vasos, com texturas muito fortes a lembrar estruturas rochosas, acho que não dão para todas as árvores. Têm de ser árvores com características ligadas às zonas montanhosas e que dêem a imagem de terem crescido em situações mais extremas. Com outro tipo de plantas já não se ajustam tão bem.

Abraço,

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 41
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Bruno António em Qua Set 08, 2010 2:39 pm

Já tinha visto estes vasos no site do Sr. Pall… e partilho algumas das opiniões aqui expressas.

Alguns destes vasos parecem a continuação da planta, ou então que o yamadori se fez trazendo um bocado da pedra onde esta estava “entalada”... Brilhante!!! Os mais abstractos transmitem-me precisamente isso e dão às arvores um ar mais “natural”, ou não fosse o Sr. Pall um “naturalista”, ou... “o naturalista”!

Outros vasos dão exactamente a impressão contrária… a meu ver não têm nada a ver com as plantas, pois têm formas menos abstractas e texturas que se opõem às do seu "inquilino", fazendo um conjunto pouco harmonioso e provocando no observador sensações esquisitas… que só por isso têm o seu mérito… acabando também por ser "brilhante"….
avatar
Bruno António

Mensagens : 240
Data de inscrição : 22/01/2010
Localização : Leiria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As recentes escolhas de vasos por Walter Pall

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum