Azálea variegata

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Azálea variegata

Mensagem  Nuno Encarnação em Qua Abr 11, 2012 3:17 am

Esta azalea é a única que me sobreviveu até à data depois de diversas experiências com outras plantas. E para mais é uma variante variegata que normalmente costumam ser menos resistentes do que as outras de folha totalmente verde.

É uma planta que ainda tem muito de desenvolver mas neste ano deixei que florisse e tive que colocá-la aqui porque realmente a floração de uma azálea é algo de realmente especial.

Aqui está a imagem de quando a comprei em 2008.



Em 2009, após o primeiro transplante.



2010



Em 2011, com um novo vaso.



E a imagem actual com uma floração simplesmente brutal!



Ainda tem muito de desenvolver, a ramificação não está nada madura e ainda não sei bem o que farei com aquelas raízes expostas, possivelmente irei optar por um alporque, mas realmente as azáleas têm a magia da floração e mesmo uma planta fraquinha como esta ainda é fica qualquer coisa de extraordinário nesta altura.

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 42
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Eduardo João Cortêz Lopes em Qua Abr 11, 2012 5:47 am

Está lindissima, parabéns. Eu não sou a pessoa mais indicada para dar conselhos, mas posso dar a minha opinião. As raízes não me parecem mal mas gostaria mais se fossem mais grossas, e parece-me que o vaso também foi bem escolhido. Espero que ela se mantenha forte e saudável por muitos anos.

Eduardo João Cortêz Lopes

Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Nuno Encarnação em Qua Abr 11, 2012 8:04 am

Viva Eduardo!
Obrigado pelo elogio. Não há dúvida de que uma azálea em flor é sempre qualquer coisa extraordinário.

Esta planta ainda está numa fase muito inicial do desenvolvimento e ainda tem muito caminho a andar. Com as flores todas ainda disfarça um bocado, mas sem as flores vê-se que ainda está num estágio muito inicial, embora já se comece a definir a estrutura.

Pois, se as raízes fossem assim todas finas, até dava para criar um estilo neagari que também fica muito bem em azáleas. No entanto, temos uma primeira base de raízes, depois uma secção de tronco e nascem depois aquelas raízes do lado direito. Não posso simplesmente cortar as raízes porque a zona de tronco acima destas é mais grossa do que o que fica para baixo.

Uma alternativa é simplesmente mudar a inclinação da planta para a mesma que está na foto de 2010 e assim aquela zona fica enterrada e disfarça um pouco mais, mas não vai dar para construir um nebari muito radial a partir dali. Outra alternativa é o alporque naquela zona aproveitando o alargamento natural que faz no local onde saem aquelas raízes e assim começar a construir um nebari mais bonito. É para esta opção que estou mais inclinado e talvez vá aproveitar o próximo mês para isso.

Abraço.

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 42
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Mario Eusebio em Qui Abr 12, 2012 2:35 am

Viva Nuno!

Ou é de mim ou a folhagem já não está a ser variegata? Ás vezes há mutações e pode ser esse o caso!

As azáleas valem sobretudo pela sua floração, por isso mesmo, há exposições no Japão só dedicadas á espécie!

_________________
Cumprimentos

Mário Eusébio

Mario Eusebio

Mensagens : 1076
Data de inscrição : 27/10/2009
Idade : 44
Localização : Porto

http://marioeusebio.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Nuno Encarnação em Qui Abr 12, 2012 3:21 am

Pois é, Mário.

Realmente há folhagem que já perdeu essas características, mas há outras que as mantêm. Não te sei dizer a a razão, se calhar é da rega ou da adubação.

Isto com as azáleas qualquer pauzinho em flor é um espetáculo. No Japão vêm-se plantas que não têm grande interesse no período vegetativo, mas quando estão em floração são verdadeiras maravilhas.

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 42
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Eduardo João Cortêz Lopes em Dom Ago 26, 2012 11:46 am

Olá Nuno, acabei de comprar uma Azálea Mix segundo a etiqueta do viveiro. Nunca ouvi falar de tal nome, é das que têm a folha verde e se não me engano tem a flor rosa. Estava numa espécie de saldo custou 3€, não é nada de especial mas por esse preço acho que não foi mal comprada.
Qual é a altura do transplante, e da poda? Como fui apanhado desprevenido, não tenho muita informação. Comecei agora a investigar e comecei por este fórum.
Desculpa usar este espaço para aprender, e não propriamente para debater a evolução do teu projecto.
Mas, já agora, será que tens fotos da tua planta depois da floração?


Eduardo João Cortêz Lopes

Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Nuno Encarnação em Dom Ago 26, 2012 4:46 pm

Viva Eduardo!

Como disse atrás, não sou grande especialista em azáleas porque esta é a única que me ficou de todas as outras com que comecei a experimentar, mas vou tentar transmitir um pouco daquilo que tenho aprendido.

Em primeiro lugar, não existe uma variedade chamada de azalea mix. Isso normalmente é o que os viveiros colocam quando não sabem identificar as plantas. Possivelmente, é uma das imensas variedades híbridas que têm sido desenvolvidas na Europa e que são comercializadas na maioria dos viveiros. Muitas das vezes vêm vasos com 4 pés de plantas muito jovens.

No que respeita às azáleas em geral, a coisa principal que tens de reter é que são plantas acidófilas, ou seja, precisam de solos com um ph ácido para se desenvolverem adequadamente, normalmente um ph de aproximadamente 5,5 é o ideal. Isso quer dizer que precisa não só de solos com propriedades adequadas mas de igualmente de uma rega com água sem calcário.

Para mim, uma das coisas mais difícil de controlar foi a rega. A azálea precisa de bastante água, mas não se dá bem com solos que saturam facilmente com água. A melhor coisa é colocares em kanuma pura. Tem um ph naturalmente ácido e retém bastante água ao mesmo tempo que é suficientemente drenante para que as raízes não sejam afectadas.

Quanto ao transplante, eu costumo transplantar no início da primavera. Os livros dizem para fazer isso depois da floração, mas com os verões que por aqui há a mim parece-me que é muito tarde. Costumo retirar os botões de flor no outono anterior e assim inicia logo o crescimento vegetativo e recupera melhor do transplante.

Quanto à poda, isso depende muito do nível de desenvolvimento da planta e quais os teus objectivos para ela. Os livros dizem para podares depois da floração, deixando apenas dois brotos laterais e cortando todos os que crescem para cima ou para baixo. Mas isso é mais quando estás a trabalhar com uma planta em fase adiantada de desenvolvimento.

Quando o teu objectivo é engordar a planta, o melhor é deixares os novos brotos crescerem até parar, o que normalmente significa até as folhas estarem de um verde mais escuro. Nessa altura, selecciona alguns brotos de sacrifício e corta apenas as pontas desses brotos e assim vais proporcionar um novo crescimento e o ramo vai continuar a engordar. Quando estiver da grossura desejada, basta cortar esses ramos na totalidade. Entretanto, no que respeita aos brotos que vais utilizar para construir a ramificação, cortas deixando apenas duas folhas e assim vai rebentar novamente e voltas a cortar quando tiver umas oito folhas para aí, e assim em diante para promover cada vez mais divisões e aumentares a ramificação.

No que respeita ao aramamento, tem cuidado porque os ramos lenhificados partem-se com facilidade e por isso não são dados a torções muito radicais. É sempre melhor aramares os ramos ainda em verde. A melhor forma de aramares é envolvendo os arames em papel de cozinha para não marcar tanto, pois a casca é muito sensível.

A fertilização pode ser normal, mas eu estou a usar um adubo orgânico próprio para ericáceas da greendream que me ajuda com a questão do ph. Para além disso, costumo fazer uma aplicação mensal com ferro.

Se quiseres, manda-me o teu e-mail por mp que eu envio-te um ficheiro com indicações para a poda de azáleas.

No que respeita à minha azálea, ela está um pouco despenteada pois estou a deixá-la crescer livremente para engordar um bocado alguns ramos e também para ganhar vigor para o transplante no próximo ano, por isso não está grande coisa para mostrar agora. Não vai florir durante umas temporadas pois ainda tem de desenvolver muito ao nível da ramificação e isso é mais fácil se não se deixar florir pois a energia da planta é toda canalizada para o desenvolvimento da massa verde. Como disse, no próximo ano vai ser transplantada e no ano seguinte vou fazer-lhe um alporque para resolver a questão das raízes expostas.

Espero que tenha ajudado nalguma coisa. Se tiveres mais dúvidas não tenhas problemas em perguntar pois eu respondo-te dentro daquilo que sei e de certeza que há por aí mais malta que percebe mais do que eu para complementar nas coisas que eu não te consiga ajudar.

Abraço e desculpa o testamento.

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 42
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Eduardo João Cortêz Lopes em Seg Ago 27, 2012 11:29 am

Olá Nuno, antes de mais, obrigado pelo testamento. Apesar de me parecer que a água da minha zona (Mafra) não seja muito calcária acho que não obedece aos parametros de que falas. Como retiro, ou arranjo água sem calcário?
Cumprimentos.

Eduardo João Cortêz Lopes

Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Nuno Encarnação em Seg Ago 27, 2012 4:59 pm

Eduardo,
Se a água da tua zona não é muito calcária, então acho que não há problemas em dares dessa água.

Mas se quiseres dar uma água mais adequada, tens sempre alternativas baratas ou caras. Podes comprar garrafões de água mineral para dares a essa planta específica. Se só tens essa azálea, então um garrafão de 5 litros ainda te dá por algum tempo. Procura bem nos rótulos para veres o ph da água para veres qual é a melhor. Uma marca que tem uma boa relação de ph é a de Penacova.

Outra alternativa é recolheres água da chuva, o que neste momento é um pouco complicado, mas no Inverno podes aproveitar para colocares uns baldes e alguidares no exterior para recolher essa água que podes depois guardar para usar com a azálea. Há quem tenha colectores verticais para esse efeito. Outros têm cisternas próprias.

Depois há sistemas de osmose que podem realizar esse efeito. Também há quem dê água desmineralizada, mas tens depois de compensar com uma boa adubação. Podes comprar os garrafões no supermercado ou podes usar a água de um desumidificador ou de um ar condicionado para isso.

Como vês, há muitas opções, mas tudo depende da carteira e do que há à disposição directa.

Nuno Encarnação

Mensagens : 147
Data de inscrição : 06/11/2009
Idade : 42
Localização : Portimão

http://al-garb-bonsai.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Eduardo João Cortêz Lopes em Ter Ago 28, 2012 2:19 pm

Estava com medo que fosse mais complicado. Vou arriscar e ver como ela reage às regas.
Obrigado pelas dicas.

Eduardo João Cortêz Lopes

Mensagens : 39
Data de inscrição : 21/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Nelson Lopes em Seg Set 03, 2012 4:01 am

Boas,

para além das opções já referidas há quem também utilize uma alternativa natural: a de colocar umas gotas de sumo de limão na água antes de regar as azáleas. Já experiementei mas não notei grande diferença apesar de estar numa zona com água relativamente dura (dizem, nunca me dei ao trabalho de verificar).
No entanto pela via das dúvidas no último transplante mudei a azálea que tinha para 100% kanuma. Como só tenho uma e essa não é grande, dei-me a esse "luxo" já que a kanuma não é lá muito barata.

No entanto e para contrariar a água calcária habituei-me e coloco sempre uma pequena parte ca. 10% de kanuma também nos restantes solos quando transplanto.
avatar
Nelson Lopes

Mensagens : 120
Data de inscrição : 15/10/2010
Idade : 43
Localização : Sintra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Azálea variegata

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum